Três situações em que os bens NÃO serão partilhados.


A regra, na comunhão parcial de bens, é que os bens adquiridos na constância do casamento ou união, serão partilhados igualmente entre o casal, quando de eventual separação.

Contudo, em algumas ocasiões, mesmo que um determinado bem tenha sido adquirido durante a relação, ele não precisará ser partilhado entre o casal. Hoje, falaremos de 3 hipóteses onde o bem não precisará ser partilhado:


▪️BENS RECEBIDOS POR DOAÇÃO; ▪️BENS RECEBIDOS POR HERANÇA; ▪️BENS ADQUIRIDOS COM VALORES EXCLUSIVAMENTE PERTENCENTES A UM DOS CÔNJUGES EM SUBSTITUIÇÃO DE BENS PARTICULARES.; Para fins de exemplo, podemos citar um homem que recebeu um valor em dinheiro, de herança ou por doação, e, utiliza-o para comprar um apartamento, neste caso, mesmo que ele tenha adquirido o imóvel na constância do casamento ou da união estável, o bem não tocará a esposa ou companheira(o); Da mesma forma, uma mulher vende um apartamento que já era exclusivamente seu anteriormente à união estável ou casamento, e, com o dinheiro, adquire outro semelhante na constância da união, este imóvel não será partilhado com o marido ou companheiro(a). Em caso de dúvidas, entre em contato.

Bortolini e Steinmetz


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

São Leopoldo/RS:
Marquês do Herval, nº 1236,  Sala 401, Centro 
CEP 93010-200 
Contato:(51) 3783 1097 / (51) 98030-9816

Horário de Atendimento: Segunda á Sexta, 

08h30 às 12h e das 13h30 às 18h.

 

 

© 2017 Por Bortolini&Steinmetz.