COMO O UNIVERSO DIGITAL PODE COLABORAR PARA APROXIMAÇÃO AFETIVA ENTRE PAIS E FILHOS?




Ao contrário do que possa parecer, o universo digital pode colaborar para a aproximação afetiva entre pais e filhos.

Com o aumento da aplicação da guarda compartilhada, a busca por uma convivência saudável e equilibrada entre menores e seus cuidadores tem se tornado um objetivo comum aos operadores do direito, especialmente considerando os inúmeros benefícios de uma convivência estendida e uma maior presença junto às decisões relevantes do dia-a-dia dos filhos.

Alinhado a esse entendimento, assim como à necessidade de adaptação decorrente da evolução do universo digital e um grande período de distanciamento social decorrente de uma pandemia mundial, está o crescimento da convivência parental pela via digital.

Em razão disso, não são raras as vezes que verificamos em processos judiciais a fixação da convivência presencial cumulada com a convivência digital, o que corrobora para a manutenção do vinculo afetivo e para o crescimento da presença paterna e materna nesse ambiente de exponencialmente jovem.

O tema é sensível, já que exige decisões sensatas e equilibradas acerca do uso da internet mas, por outro lado, não há como fechar os olhos para essa realidade e utiliza-la a favor do melhor interesse dos menores.
Posts Em Destaque
Posts Recentes
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Arquivo
Procurar por tags